Embalagens

Parte fundamental na proteção e segurança dos alimentos, desde sua fabricação até a mesa do consumidor, as embalagens também exigem cuidados no momento do descarte. Por essa razão, a JBS promove seu retorno à cadeia produtiva, como forma de contribuir com a reciclagem de resíduos e diminuir o impacto do descarte em aterros sanitários.

Em projetos de pesquisa e desenvolvimento, a companhia trabalha na redução de gramatura de embalagens, troca de materiais em embalagens com maior facilidade de reciclagem e de reutilização e projetos de reciclagem de materiais para serem utilizados em outros produtos dentro do processo.

A JBS desenvolve ainda processos que reduzem as perdas e os custos de embalagens — 86% delas são feitas de material de fonte renovável.

ROTULAGEM AMBIENTAL NAS EMBALAGENS DOS PRODUTOS

Desde 2014, as equipes de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) no Brasil trabalham na adaptação das embalagens para atender às regras de rotulagem ambiental determinadas pela Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT NBR 16182). O regulamento padroniza os símbolos que informam consumidores sobre a destinação adequada das embalagens pós-consumo.

Dessa forma, é possível separar, por exemplo, resíduos secos de úmidos, destinando-os para coleta seletiva e posterior triagem. Isso contribui para a melhoria contínua das cadeias de reciclagem dos diversos setores de materiais.

REDUÇÃO DO VOLUME DE EMBALAGENS DO BRASIL

Outra frente de atuação das áreas de Pesquisa e Desenvolvimento (P&D) visa reduzir o volume de embalagens primárias (em contato direto com o produto), secundárias e terciárias dos produtos.

Para saber mais sobre os dados reportados da performance do uso de embalagens e a eficiência deles, acesse a Central de Indicadores da JBS.